Flávio Citro - Direito Eletrônico

VIII Seminário Internacional sobre Gestão Judicial


O VIII Seminário de Gestão Judicial é voltado para membros do judiciário dos países das três Américas, e se realizará de 28 a 30 de novembro de 2010, no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, em Brasília/DF. O encontro conta com apoio e organização do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com o  Centro de Estudos de Justiça das Américas (CEJA).

O tema desta edição é Planejamento Estratégico e Tecnológico Frente ao Novo Perfil das Demandas Contemporâneas. O Evento vai debater o planejamento estratégico e tecnológico frente ao novo perfil das demandas contemporâneas.

Feira de Melhores Práticas – Durante o VIII Seminário, haverá também Feira de Melhores Práticas em Tecnologia da Informação e Comunicação, das quais tribunais e instituições públicas podem participar e apresentar soluções tecnológicas, serviços de informação e ferramentas de TICs.

O seminário acontece anualmente e já foi realizado no Chile, na Nicarágua, em El Salvador, no Peru e no Paraguai. O CNJ participou das últimas duas edições, na Costa Rica em 2008 e na Argentina em 2009. De acordo com o chefe de gabinete da presidência do CNJ, Luiz José Pedretti, durante o seminário serão apresentadas boas práticas relativas ao âmbito processual e à implementação de tecnologias de informação e comunicação. Para Pedretti “a intenção é demonstrar como essas variáveis podem ser particularmente úteis na análise e na adoção de medidas para o enfretamento das demandas de massa, observados os direitos fundamentais da cidadania”.

O seminário será dividido em painéis com três temas diferentes, entre eles: Planejamento Estratégico das Cortes Supremas, Planejamento Estratégico diante do volume crescente de demandas judiciais nas sociedades contemporâneas e o papel das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) a serviço da administração da Justiça.

Com o intuito de renovar, serão incorporados ao evento uma Feira (com stands) sobre as melhores práticas em tecnologias da informação e comunicação e uma Plataforma Web, que cumprirá funções de difusão de materiais e conteúdos, transmissões ao vivo e de plataforma virtual da Feira. Tribunais e instituições públicas podem participar da Feira, mediante inscrição de trabalhos que estejam relacionados às soluções tecnológicas, aos serviços de informação e às ferramentas de TICs.

Além disso, será realizado um concurso para a apresentação de trabalhos técnicos, que buscará selecionar experiências inovadoras em matéria de gestão nos processos de trabalho das diversas instituições do sistema de justiça, abrangendo o Poder Judiciário, o Ministério Público e a Defensoria Pública.

Inscrições pelo hotsite www.cejamericas.org ou no link disponível pelo portal do CNJ www.cnj.jus.br. Neles, será possível obter todas as informações sobre o evento.

 

CEJA: É um organismo intergovernamental com autonomia técnica e operacional criado em 1999 pela Assembléia Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA). Com sede em Santiago, no Chile, sua principal atribuição é disseminar o conhecimento (troca de informações) judicial nas Américas, as boas práticas judiciárias adotadas nos países das três Américas (do Sul, Central e do Norte) e o intercâmbio entre os tribunais dessas nações. Visa ainda promover o aperfeiçoamento dos recursos humanos e outras formas de cooperação técnica, bem como o apoio aos processos de reforma e modernização dos sistemas de justiça na região.

 

É um organismo intergovernamental com autonomia técnica e operacional criado em 1999 pela Assembléia Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA). Com sede em Santiago, no Chile, sua principal atribuição é disseminar o conhecimento (troca de informações) judicial nas Américas, as boas práticas judiciárias adotadas nos países das três Américas (do Sul, Central e do Norte) e o intercâmbio entre os tribunais dessas nações. Visa ainda promover o aperfeiçoamento dos recursos humanos e outras formas de cooperação técnica, bem como o apoio aos processos de reforma e modernização dos sistemas de justiça na região.

 

Fonte: Agência CNJ de notícias

Programação

VIII SEMINÁRIO DE GESTÃO JUDICIAL

Planejamento Estratégico e Tecnológico Frente ao Novo Perfil das Demandas Contemporâneas.

PROGRAMA

28 DE NOVEMBRO

16h – 17h30

Inscrições e entrega de material

18h – 19h

Cerimônia Inaugural

§  Ministro Cezar Peluso, presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

§  Cristián Riego, Diretor Executivo do Centro de Estudos de Justiça das Américas (CEJA)

§  Fernando Carrillo- Flores – Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)

19h

Coquetel de Abertura

29 DE NOVEMBRO

9h – 11h

Painel I – A importância do planejamento estratégico e tecnológico nas cortes supremas das Américas

Expositor:

Luis Paulino Mora – Presidente da Suprema Corte de Justiça da Costa Rica

Comentaristas:

Ives Gandra Martins Filho – Ministro do Tribunal Superior do Trabalho;

Jorge Carrera – Conselho Geral do Poder Judicial da Espanha e representante do Ministério da Justiça da Espanha;

Antonio Carlos Alves Braga Jr. - Juiz de Direito Auxiliar do Conselho Nacional de Justiça.

11h – 11h15

Coffee Break

11h15 -13h15

Painel II – A gestão estratégica frente ao novo perfil das demandas contemporâneas

Expositor:

Eugênio Facchini Neto - Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande  do Sul

Comentaristas:

Alvaro Herrero, Asociasón por los Derechos Civiles – Argentina

Caroline Adele Kent, National Judicial Institute – Canadá

Flávio Citro Vieira de Mello – Tribunal de Justiça do  Estado do Rio de Janeiro

13h15 -15h

Almoço

15h – 15h30

15h30- 16h

16h – 16h30

16h30 – 16h45

16h45 – 17h15

17h15 – 17h45

17h45 – 18h30

Apresentação

Expositor

Justiça Digital

Adrían Medrano, Centro de Estudos de Justiça das Américas, CEJA

Boas Práticas – Chile

Miguel Sanchez – Judiciário Corporation Administrativa

Boas Práticas – Costa Rica

Kátia Morales – Supremo Tribunal da Costa Rica

Coffee Break

Boas Práticas – Brasil

Marivaldo Dantas de Araújo – Juiz de Direito Auxiliar do Conselho Nacional de Justiça

Boas Práticas – Argentina

Ing. Leonardo Dappianno – Procurador em Buenos Aires, Argentina

Debates

Painel III – O impacto das experiências de boas p´raticas no uso das TIC’s na gestão judicial

20 h Jantar de Confraternização

30 DE NOVEMBRO

8h30 – 10h30

Painéis de Experiências Inovadoras em Gestão Judicial – Concurso

1.

2.

3.

Painéis de Experiências Inovadoras em Gestão Judicial – Concurso

1.

2.

3.

10h30 – 10h45

Coffee Break

10h45 – 12h45

Painel de Apresentação das Melhores práticas Internacionais

Mara Gomes – Supremo Tribunal da Nação, México

Debates

12h45 – 15h

Almoço

15h – 17h

Painéis de Experiências Inovadoras em Gestão Judicial – Concurso

1.

2.

3.

Painéis de Experiências Inovadoras em Gestão Judicial – Concurso

1.

2.

3.

17h – 17h15

Coffee Break

17h30 -18h

Cerimônia de Encerramento

 

http://www.cnj.jus.br/gestaojudicial/

Faça seu comentário.

Site publicado em 04/05/2009
www.flaviocitro.com.br - siteflaviocitro.com.br